fbpx

Mentalidade do Crescimento - Hora de Empreender

Mentalidade do Crescimento
Compartilhe esse conteúdo!

Muitos a tem, muitos acham que tem e muitos desejam ter. A mentalidade do crescimento, não é são uma teoria de livro de autoajuda, mas é um modelo de vida, modelo de comportamento, um modelo de pensamento.

Mas antes de falar sobre a mentalidade do crescimento, falaremos primeiro da mentalidade fixa, ou seja, aquela que se estagna e não muda no decorrer do tempo.

O nosso circulo de relacionamentos, nossos amigos, nossos familiares, a comunidade onde vivemos, nossos colegas de trabalho, a mídia, a situação politica e econômica do nosso país, enfim, a sociedade na qual estamos inseridos e sua cultura, tem um grande poder de influencia sobre nós e na nossa percepção de mundo e realidade em geral. Todo esse mar de informação e ações externas que são um misto de culturas de gerações diferentes precisa ser filtrado em nosso consciente e, aquelas que não convêm precisam ser descartas ou melhoradas.

Em geral, pessoas que ficam inertes apenas absorvendo o tudo ao seu redor, sem utilizar os filtros do principio ético e do bom senso, e ainda por cima, utilizando filtros e comportamentos incorretos como o da negação, ou o “ser o do contra”, se fechando para o novo, acabam se moldando de maneira pouco construtiva, fazendo-as adquirir filosofias de vida que as tornam estagnadas ou simplesmente neutras em uma sociedade que está em constante evolução.

Mas afinal, quais são as características e comportamento de pessoas com mentalidade fixa?

Pessoas que acreditam que:

  • Qualidades pessoais são dons divinos ou sorte;
  • Pessoas adquirem sucesso por estarem “destinadas” ao sucesso ou por bajulação antiética;
  • Pessoas de sucesso têm talento ou sorte;
  • Ao ver uma pessoa fazendo um trabalho bem feito é um bajulador antiético;
  • Estão com azar ou não receberam os dons para algo;
  • O insucesso é reflexo da sua incapacidade natural;
  • Podem driblar os erros, não se responsabilizando por eles;
  • Veem seus lideres ou pessoas nos quais devem prestar contas no trabalho, como inimigos que devem ser boicotados;
  • Precisam ser sempre melhores que os outros, não agindo com sinergia com o grupo.

Comportam-se como:

  • Mantendo-se firme na negação dos fatos mesmo que as evidências mostrem ao contrario (teimosia gratuita);
  • Respeita quem admiram eles e tem aversão a critica e conselhos de terceiros;
  • Tentam sempre aprender sozinhas;
  • Buscam sempre justificativas por não terem agido;
  • Desdém o próprio emprego, maldizendo-o constantemente;
  • Se cercam de pessoas com menos conhecimento que elas para se sentirem importantes;
  • E por fim, o mais comum. Não valorizam o conhecimento dos seus mentores e professores. Esse nos faz lembrar da época da faculdade em que alguns alunos ficam buscando pontos negativos nos professores e boicotam o próprio aprendizado, sem nem se dar conta, de que são os próprios alunos que estão sendo prejudicados com essa ação.

É muito importante fazer uma autoanalise, e verificar com sinceridade se mesmo brevemente se identificou com algum desses comportamentos descritos acima. Somente após reconhecê-los é que podemos buscar adquirir e aprimorar a mentalidade do crescimento.

Já as pessoas que tem a mentalidade do crescimento, agem conforme seus princípios éticos, e se munem de inteligência emocional e informação para lidar com as diversidades do ambiente em que estão situadas e pensam de maneira progressiva, planejam, possuem metas claras de onde querem chegar, não desperdiçando tempo com coisas irrelevantes.

Pessoas com mentalidade do crescimento acreditam que:

  • Qualquer pessoa pode cultivar novas qualidades a qualquer momento da vida;
  • É possível se aperfeiçoar constantemente;
  • Um bom conselho pode vir de qualquer direção e dos lugares mais inesperados, não fazendo qualquer distinção;
  • É possível aprender não somente com os seus erros, mas com a observação dos erros dos outros;
  • Podem ser o que querem ser;
  • O fracasso é apenas um aprendizado de como não fazer as coisas e um indicativo para ajustar a rota de suas ações;
  • Não são indestrutíveis;
  • Sempre terá alguém que sabe mais que eles;
  • Não dá pra fazer tudo sozinho;
  • Cada novo desafio, é um oportunidade de aprendizado;
  • Humildade é algo essencial a todos;
  • Honestidade deve ser prioridade em suas ações, e não se pode obter lucro por meio de algo desonesto.

E comportam-se como:

  • Utilizando seu tempo de maneira mais produtiva e organizada;
  • Não se limitam ou se bloqueiam com facilidade, sempre buscando meios alternativos para seguirem em frente;
  • Não esperam alcançar a perfeição para por um plano em pratica, e isso não quer dizer que vão entregar ou oferecer ao desleixado, pelo contrario, sempre será algo que pode ser expandido;
  • Adquiriram gosto por aprender algo novo constantemente, por isso, independente da sua situação sempre buscam estudar, ler livros, fazer cursos, assistir palestras e participar de eventos;
  • Conseguem transformar algo que amam em um negócio lucrativo;
  • Estão sempre acompanhando pessoas que se destacaram, seja pessoalmente, virtualmente ou consumindo o material produzido por elas e tentam aprender com elas, saber quais caminhos trilharam e quais foram suas derrotas e vitorias;
  • Compartilham informações e sempre estão prontas para ensinar;
  • Ouvem pessoas que a criticam e consideram suas opiniões, sem a necessidade de se exaltar para defender seus pontos de vista;
  • Tem o hábito de fragmentar suas ações em pequenas tarefas, a fim de realiza-las com mais eficiência;
  • Estão sempre se autoanalisando, buscando conhecer seus pontos fracos e assim, trabalhar neles para fortalecê-los ou ampliar ainda mais seus pontos fortes, para que possa se sobressair aos pontos fracos;
  • Delega atividades com maturidades, sem sobrecarregar pessoas que assumem aquela atividade com regras engessadas, inibindo a capacidade delas;
  • Monitoram sua própria maneira de pensar, mudando todas as ações e pensamentos em produtividade;
  • Respeitam o próprio corpo, buscando manter rotinas saudáveis.

O mais importante é ressaltar que não se deve rotular ninguém. Muitos podem ter uma mentalidade fixa para determinadas áreas e em outras áreas ter a mentalidade do crescimento, ou ainda, as pessoas podem apenas estar em uma fase em que está com uma mentalidade ou outra, mas podem mudar, tanto para melhor como para pior. E isso só depende da própria pessoa, da sua força de vontade e seu determinismo para pensar e agir de uma determinada maneira.

Tudo aquilo em que acreditamos muda a nossa maneira de pensar e agir. A nossa maneira de pensar é um habito que cultivamos, e é difícil para qualquer pessoa, mudar os seus hábitos. Quer ter melhores resultados e mudar de vida, comece mudando sua maneira de pensar, resgate seus valores, pois, mentalidade trata-se de habito, mude a maneira de pensar, para mudar suas ações, mudando suas ações mudará os seus resultados.


Compartilhe esse conteúdo!

hashtags do post

Olá! Deixe seu comentário!

Conte-nos o que você achou desse conteúdo?

+ Relacionados

Veja alguns conteúdos que também podem lhe interessar.

+ Populares

Veja os conteúdos mais populares do Hora de Empreender.